Menu
Busca Ter, 24 de novembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Política

Casal Olarte confiante na impunidade participa de evento do MDB

Por Redação Notícias VIP
  Andreia Olarte participou  do evento realizado na manhã deste sábado (19), na Associação Nipo Brasileira e já anunciou sua pré candidatura como candidata a deputada estadual pela sigla.

Andreia é casada com  Gilmar Olarte. O casal foi preso no dia 15 de agosto de 2016  durante  realização da operação Adna, deflagrada pelo Gaeco (Grupo Armado de Repressão ao Crime Organizado).

A pré-candidata  foi acusada por ter comprado bens e registrado nome de outras pessoas no período de março de 2014 a agosto de 2015, quando o marido ocupada o cargo de prefeito da Capital. Tanto Andréia, como Gilmar, ficaram mais de um mês presos e deixaram o presídio após pagar finança no valor de R$ 30 mil e deixaram as celas com tornozeleira eletrônica.

 Conforme a investigação, os bens eram incompatíveis com a renda do casal, foram adquiridos diversos imóveis. 
Alguns bens ficaram  em nome de terceiros, com pagamentos iniciais em elevadas quantias (dinheiro, transferências bancárias e depósitos).
Com informações do Topmidía news
violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Comerciantes e consumidores reclamam de multas, sujeira e falta de estacionamento na 14 de julho na capital.
Saúde
Eficácia da CoronaVac será anunciada no início de dezembro, registro é esperado para janeiro
Medicos
Inep disponibiliza cartão de confirmação do Revalida 2020
Corrupção
PF apura desvio de R$ 5,7 milhões em transporte escolar em Manaus
Polícia Federal
PF deflagra mega operação em MS e mais nove Estados
MS
Cena de tortura praticada por PM contra mulher em MS gera revolta nas redes sociais
Líderes do G20 discutem ajuda a nações mais pobres no mundo pós-coronavírus
Amapá
Bolsonaro promete MP isentando consumidores do Amapá de conta de luz
Preconceito racial
Protesto contra morte de João Alberto em SP tem princípio de incêndio
Saúde
Brasil tem 376 novas mortes por Covid-19, total de óbitos chega a 168.989