Menu
Busca Sex, 27 de novembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Política

Deputados vão processar juíza que impediu visita de comissão a Lula

Por Carol Assis
Deputados anunciaram, nesta terça-feira (24), em Curitiba, que vão impetrar mandado de segurança contra a juíza da Vara de Execuções Penais, Carolina Moura Lebbos, que impediu uma comissão da Câmara dos Deputados de visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na superintendência da Polícia Federal, nesta terça-feira (24).

Lula está detido no local, desde o último dia 7, por ordem do juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato em primeira instância. O magistrado também proibiu que ele receba a visita de amigos. Apenas advogados e familiares estão autorizados a ver o petista.

O ex-presidente foi condenado a 12 anos e um mês de prisão, por corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex no Guarujá (SP).

Eu fico me perguntando o que essa juíza quer com essas atitudes de impedir as visitas legais ao ex-presidente Lula. Ela já comprou briga com a igreja católica, ao não permitir que o frei Leonardo Boff prestasse conforto espiritual ao presidente Lula. Impediu o conforto religioso, mostrando hostilidade com a igreja, destacou o deputado Wadih Lula Damous.

O parlamentar ainda lembrou que Carolina Lebbos também barrou a entrada de nove governadores que queriam visitar o presidente Lula e impediu a presença do prêmio Nobel da Paz Adolfo Pérez Esquivel.

 Deputado Paulo Pimenta, reforçou o discurso. Ela proibiu o acesso de deputados, de uma comissão oficialmente constituída pelo presidente da Câmara dos Deputados. O Poder Legislativo tem autonomia e jamais uma juíza de primeira instância poderia contrariá-la. A juíza rasgou a Constituição e violou as prerrogativas de poder, criticou ele, à porta da superintendência.

Ainda segundo ele, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, será comunicado sobre o fato, para que possa tomar as providências políticas.

Os deputados foram informados pelo superintendente da PF sobre o despacho da juíza impedindo a visita.
racismo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Covid-19 mata subtenente em MS; 2ª morte do mês na instituição
Covid 19 em MS
Taxa de contágio da Covid 19 volta a subir no MS
Campo Grande
Estado deposita R$ 514 milhões em salários nesta sexta-feira (27)
Brasil e Mundo
Dinamarca quer desenterrar "visons zumbis" de valas coletivas
Judiciário
Bretas condena Cabral a 19 anos de prisão e Barata a 28 anos
Esportes
LNF adia primeiro jogo da semifinal entre Tubarão e Magnus
Ponta Porã
Polícia paraguaia prende dois suspeitos de matança de membros da turma de Fahd Jamil
Polícia
PF investiga suspeitos de propaganda de atos para alteração da ordem
Saúde
Fiocruz: aumento de casos e óbitos de covid-19 deve servir de alerta
Argentina
“Adios Diego”: Maradona é enterrado e mundo chora a perda