Menu
Busca Sáb, 15 de maio de 2021
(67) 9.9928-2002
Política

Dilma vai à PF para tentar visitar Lula nesta segunda-feira

Por Carol Assis
A ex-presidente Dilma Rousseff pretende visitar o também ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta segunda-feira (23), na superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. O petista ocupa uma "sala especial" no local, desde o último dia 7, por determinação do juiz Sérgio Moro.

O magistrado, responsável pela Lava Jato em primeira instância, também proibiu que o ex-presidente receba a visita de amigos. Apenas advogados e familiares estão autorizados a ver o político, condenado a 12 anos e um mês, em regime fechado, por corrupção e lavagem de dinheiro.

Governadores de estados brasileiros, o ganhador do Nobel da Paz Adolfo Peréz, e o teólogo Leonardo Boff já tentaram acesso ao ex-presidente, mas foram barrados pela Justiça.

Na semana passada, integrantes da Comissão de Direitos Humanos do Senado conseguiram fazer uma vistoria na cela de Lula e puderam conversar com o petista. Eles não flagraram irregularidades no espaço, mas se disseram preocupados com o isolamento do político. Esta semana, uma comitiva de deputados também tentará fazer uma diligência.


vacina sim

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tempo e temperatura
MS tem predomínio de tempo seco e calor de 36°C para a região pantaneira
Covid 19
Dezenas de corpos de possíveis vítimas da covid aparecem na Índia
Campo Grande
Moradores de bairros reclamam de sujeira e insegurança em Campos Grande
Saúde
Após ultrapassar mais de seis mil mortes, MS registra 653 novos casos da Covid-19
Mato Grosso do Sul
Novos secretários da Casa Civil e da Cidadania tomam posse nesta segunda-feira
Campo Grande
Infestação de pragas urbanas alarma moradores de Campo Grande
Vacina
Mato Grosso do Sul recebe novo lote de vacina da Pfizer nesta segunda-feira
F1
Hamilton sobre GP da Espanha de F1: “Aprendi muito sobre Max hoje”
Poluição
Marinha: três navios são suspeitos por manchas de óleo no NE em 2019
Saúde
Fiocruz: pandemia de covid-19 faz vítimas cada vez mais jovens