Menu
Busca Dom, 01 de agosto de 2021
(67) 9.9928-2002
POLITICA

Em Brasília, Azambuja se reúne com governadores e ministros de Bolsonaro

Governador vai tratar de projetos estratégicos para Mato Grosso do Sul

24 janeiro 2019 - 12h20

O governador Reinaldo Azambuja cumpre agenda em Brasília (DF) nesta quinta-feira (24), onde vai tratar de projetos estratégicos para Mato Grosso do Sul, e se reunir com governadores do Brasil Central e ministros do presidente Jair Bolsonaro.

Os compromissos começam nas primeiras horas da manhã na Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), onde será realizada a primeira reunião de 2019 do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central.

Junto dos governadores do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Maranhão, Rondônia e Tocantins, Reinaldo Azambuja vai definir o novo presidente do bloco e traçar pautas prioritárias para 2019.

Criado em 2015, o grupo tem objetivo de fomentar o crescimento individual e regional dos estados participantes. Na primeira reunião do ano, estão na pauta temas sobre o mercado comum do Brasil Central; desenvolvimento integrado; competitividade; produtividade; infraestrutura; logística; e transportes. (Com assessoria)

Reuniões ministeriais

À tarde, o governador de Mato Grosso do Sul tem audiência com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, para discutir assuntos relacionados à reforma da previdência social, ao pacto federativo e à Lei Kandir, que trata de operações relacionadas à circulação de mercadorias e serviços, devem entrar em debate.

Em entrevista concedida à imprensa nesta semana, Reinaldo Azambuja também adiantou temas que serão tratados com os ministros Tarcísio Freitas (Infraestrutura) e Luiz Henrique Mandetta (Saúde).

“No Ministério da Infraestrutura vamos discutir a questão do desenvolvimento: ferrovias e portos. No Ministério da Saúde, investimentos em equipamento para os hospitais regionais que estamos construindo [em Dourados e Três Lagoas] e que vão ficar prontos em breve”, afirmou.

Na sexta-feira (25), o chefe do Executivo Estadual continua em Brasília para audiências no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e na Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Economia.

 

 

 

 

 

 

fonte:oestadoonline

vacina sim

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana