Menu
Busca Ter, 24 de novembro de 2020
(67) 9.9928-2002
RIBEIRÃO PRETO

Fora do palco oficial, Bolsonaro disputa público em feira agro

30 abril 2018 - 14h29Por Redação Notícias VIP
Fora do palco em que aconteceu a cerimônia oficial de abertura da Agrishow (Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação), em Ribeirão Preto (a 313 km de São Paulo), o pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) deixou o local em que ruralistas discursavam antes do encerramento e disputou público no tradicional evento do agronegócio.

O presidenciável chegou ao espaço por volta das 10h desta segunda-feira (30) e foi ovacionado por um grupo de cerca de 15 pessoas aos gritos de mito.

A recepção entre membros do agronegócio presentes na plateia, porém, foi morna, sem a mesma reação obtida com os visitantes da feira que estavam no local.

Ele fez algumas selfies com representantes do agronegócio e, em seguida, se sentou -assim como outros deputados federais- e não subiu ao palco. Ele era o único presidenciável presente ao evento.

Quando teve seu nome mencionado pelo cerimonialista, foi novamente aplaudido. Não fez discurso na abertura, que durou mais de duas horas.

Após cerca de uma hora e meia, Bolsonaro saiu do local por uma porta lateral e foi novamente saudado por correligionários.

Quando se postou para dar uma entrevista, ainda no entorno do salão em que ocorria a abertura, seus seguidores voltaram a gritar mito, interrompendo o discurso de um representante do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social)."Acho que não é para mim", disse, aos risos, o integrante do governo.

Depois, Bolsonaro percorreu ruas da feira agrícola, seguido por um grupo de pessoas. Ele disse que o país precisa de um presidente que não atrapalhe.

No anel viário de Ribeirão Preto, onde fica a fazenda que abriga a Agrishow, uma extensa faixa foi colocada por apoiadores de Bolsonaro com as frases "Meu voto é secreto", acompanhada de uma imagem do rosto do político, e "Somos Todos Mito".

Além de Bolsonaro, era esperada a presença do presidente Michel Temer (MDB) na abertura da feira, mas ele cancelou a participação no domingo (29).

Outros pré-candidatos esperados para a semana são Ciro Gomes, Geraldo Alckmin, Henrique Meirelles e Aldo Rebelo.

A feira agrícola, que terminará sexta-feira (4), prevê R$ 2,3 bilhões em negócios e 150 mil visitantes, de 70 países.

 Com informações da Folhapress.
pedofilia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Comerciantes e consumidores reclamam de multas, sujeira e falta de estacionamento na 14 de julho na capital.
Saúde
Eficácia da CoronaVac será anunciada no início de dezembro, registro é esperado para janeiro
Medicos
Inep disponibiliza cartão de confirmação do Revalida 2020
Corrupção
PF apura desvio de R$ 5,7 milhões em transporte escolar em Manaus
Polícia Federal
PF deflagra mega operação em MS e mais nove Estados
MS
Cena de tortura praticada por PM contra mulher em MS gera revolta nas redes sociais
Líderes do G20 discutem ajuda a nações mais pobres no mundo pós-coronavírus
Amapá
Bolsonaro promete MP isentando consumidores do Amapá de conta de luz
Preconceito racial
Protesto contra morte de João Alberto em SP tem princípio de incêndio
Saúde
Brasil tem 376 novas mortes por Covid-19, total de óbitos chega a 168.989