Menu
Busca Seg, 08 de março de 2021
(67) 9.9928-2002
PEDIDO DO MBL

Fux envia à Justiça Federal ação contra candidatura de Renan ao Senado

Ministro do STF afirmou que pedido feito pelo coordenador do MBL não se encaixa na competência da Suprema Corte

21 janeiro 2019 - 14h50

O coordenador do MBL sustenta que o emedebista “não possui bons antecedentes na Justiça brasileira”, já que “responde a inúmeras investigações” perante a Suprema Corte. A eleição para a presidência da Casa está marcada para 1º de fevereiro.

Na decisão, assinada na última sexta-feira (18/1), Fux avaliou que a ação popular é um “importante mecanismo de democracia participativa”, mas ressaltou que são necessários requisitos para que ela seja apreciada pela Suprema Corte.

“Na verdade, a ação popular ora proposta não se enquadra em nenhuma das hipóteses de competência originária desta Corte”, frisou Fux, que está no comando do Supremo, no lugar do ministro Dias Toffoli, até o final deste mês.

Decisão Fux by Metropoles on Scribd

Decisão Fux by on Scribd

 

Renan Calheiros

Mais cedo, o senador Renan Calheiros (MDB) afirmou que não quer ser presidente da Casa. “Olha, não quero ser presidente do Senado. Os alagoanos me reelegeram para ser bom senador, não presidente”, disse. No entanto, o emedebista deixou a possibilidade em aberto: “A decisão caberá à bancada”, afirmou, por meio de seu perfil no Twitter.

A possível volta de Renan Calheiros à presidência do Senado tem gerado muitas manifestações de grupos contrários ao emedebista – que chefiou a Casa entre fevereiro de 2005 e outubro de 2007, entre outras ocasiões. Na primeira passagem, ele renunciou por suspeitas de corrupção.


 

 

 

 

 

 

 

 

fonte:metropoles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Marquinhos Trad não faz limpeza urbana na capital
Internacional
Fraternidade é maior que fratricídio, diz papa Francisco no Iraque
Brasíl
Governo registra 105 mil denúncias de violência contra a mulher
Tempo
Domingo de tempo claro em grande parte de Mato Grosso do Sul
Direitos Humanos
Programa da ONU ajuda venezuelanas a refazer a vida no Brasil
Campo Grande
Família deixa ração para cães, mas abandona idosa trancada e só com arroz azedo
Justiça
Após denúncia de suposto pagamento de propina a desembargadores, juíza encaminha autos envolvendo padre Robson para o STJ
Brasil e Mundo
Ministério decreta situação de emergência ambiental prévia
Meio Ambiente
FundturMS faz visita técnica à Estrada Parque de Piraputanga e identifica potencialidades da região
Meio Ambiente
Temporada de pesca começa com alto índice de conscientização ambiental