Menu
Busca Sex, 26 de fevereiro de 2021
(67) 9.9928-2002
POLITICA

HADDAD: LIBERAÇÃO DE ARMAS É UM PASSO PARA LEGALIZAÇÃO DAS MILÍCIAS

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad criticou o decreto que o presidente Jair Bolsonaro assinará nesta terça-feira (15), que facilita posse de armas; Haddad afirma que "a segurança é dos primeiros direitos assegurados pelo Estado moderno" e que "a l

15 janeiro 2019 - 11h20

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad criticou o decreto que o presidente Jair Bolsonaro assinará nesta terça-feira (15), que facilita posse de armas. "Pouca gente sabe, mas segurança é dos primeiros direitos assegurados pelo Estado moderno. A liberação de armas nos remete à pré-modernidade e nos conduzirá à privatização desse serviço público. A legalização das milícias é o próximo passo. Há um PL de Bolsonaro sobre o tema", destacou Haddad no Twitter. 

Qual é o Projeto de Lei que Haddad se refere 

O Projeto de Lei 7282/14, libera o porte de armas no País. Pelo texto, do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), "poderá ser concedido porte de arma de fogo para pessoas que justificarem a necessidade para sua segurança pessoal ou de seu patrimônio". veja a atual situação do PL. 

Atualmente, a posse de armas é permitida somente a quem atesta necessidade da arma (a justificativa é avaliada pela Polícia Federal), e comprove, por meio de documentos, estar formalmente empregado, ter residência fixa, não ter antecedentes criminais nem estar respondendo a processos judiciais. Além disso, ainda é preciso apresentar atestados de aptidão técnica e psicológica.

 

 

 

 

 

 

 

fonte:brasil247

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esporte
Caso contra Beckenbauer prescreveu, diz comitê de ética da Fifa
Doadores de sangue
Hemosul precisa com urgência de doadores de O negativo
Interior
Antônio João: Investimento em esgotamento sanitário foi de R$ 4,2 milhões
Política
Projeto do Estado que destina recursos não resgatados do Nota Premiada para habitação é aprovado na Assembleia
Tributo
Governo do Estado congela pauta fiscal da gasolina e garante economia ao consumidor
Mato Grosso do Sul
Prosseguir: MS tem 31 municípios na bandeira vermelha, incluindo a Capital
Covid 19
Em apenas 24 horas, MS registra mais de mil novos casos de coronavírus
Saúde
Ainda pouco conhecida, síndrome rara pode atingir jovens e crianças com Covid-19
Tempo e temperatura
Quarta-feira de tempo claro e máxima de 37°C no Estado
Agricultura Familiar
Semagro firma convênio com a Caixa para orientar agricultores na contratação do Pronaf