Menu
Busca Qua, 28 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
POLITICA

HADDAD: LIBERAÇÃO DE ARMAS É UM PASSO PARA LEGALIZAÇÃO DAS MILÍCIAS

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad criticou o decreto que o presidente Jair Bolsonaro assinará nesta terça-feira (15), que facilita posse de armas; Haddad afirma que "a segurança é dos primeiros direitos assegurados pelo Estado moderno" e que "a l

15 janeiro 2019 - 11h20

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad criticou o decreto que o presidente Jair Bolsonaro assinará nesta terça-feira (15), que facilita posse de armas. "Pouca gente sabe, mas segurança é dos primeiros direitos assegurados pelo Estado moderno. A liberação de armas nos remete à pré-modernidade e nos conduzirá à privatização desse serviço público. A legalização das milícias é o próximo passo. Há um PL de Bolsonaro sobre o tema", destacou Haddad no Twitter. 

Qual é o Projeto de Lei que Haddad se refere 

O Projeto de Lei 7282/14, libera o porte de armas no País. Pelo texto, do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), "poderá ser concedido porte de arma de fogo para pessoas que justificarem a necessidade para sua segurança pessoal ou de seu patrimônio". veja a atual situação do PL. 

Atualmente, a posse de armas é permitida somente a quem atesta necessidade da arma (a justificativa é avaliada pela Polícia Federal), e comprove, por meio de documentos, estar formalmente empregado, ter residência fixa, não ter antecedentes criminais nem estar respondendo a processos judiciais. Além disso, ainda é preciso apresentar atestados de aptidão técnica e psicológica.

 

 

 

 

 

 

 

fonte:brasil247

vacina sim

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana