Menu
Busca Qui, 23 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Polícia Federal

Homem apontado como doleiro de Pastor Everaldo é preso

Victor Hugo Amaral Cavalcante Barroso foi detido em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Polícia cumpriu mandado de busca e apreensão em endereço ligado a ele no Uruguai

30 agosto 2020 - 15h16Por G 1/ TV Globo

O homem apontado como operador financeiro do pastor Everaldo, Victor Hugo Amaral Cavalcante Barroso, foi preso neste domingo (30) em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

 

 

O suposto doleiro foi um dos alvos da Operação Tris in Idem, que afastou Wilson Witzel do cargo de governador do RJ e prendeu sete pessoas. Entre os detidos na ação, está o pastor Everaldo, presidente do PSC.

Polícia Federal prende suposto doleiro do Pastor Everaldo

Na decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Victor Hugo é apontado como o homem responsável por direcionar as contratações supostamente fraudulentas. A polícia cumpriu mandados de busca e apreensão em endereços no Uruguai ligados ao suposto operador financeiro de Everaldo.

 

 

“Victor Hugo é Operador financeiro do grupo liderado por pastor Everaldo, responsável por contabilidade paralela, por cooptação de agentes públicos e privados e por direcionar contratações, declarando endereço no exterior e constituindo várias offshores em nome de sua mãe e sua irmã, essa também envolvida”, diz a decisão.

Além disso Victor Hugo distribuía, pela condição de operador financeiro, vantagens indevidas mediante meios sofisticados.153 vídeos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fogo
Combate aos incêndios no Pantanal mobiliza 510 homens e seis aeronaves: incidência de focos é menor em três anos críticos
Eleição 2022
Senado aprovou novo Código Eleitoral e vai à sanção presidencial.
Economia
Dólar fecha acima de R$ 5,30 após anúncio do Banco Central americano
CPI da Covid
CPI: diretor da Prevent Senior é acusado de mentir e passa à condição de investigado
Brasíl
Sem coligações, CCJ do Senado aprova PEC da reforma eleitoral
Polícia Federal
A Operação Apate cumpre mandados em São José dos Campos
Brasilia
CPI da Covid-19; início da sessão com "rasgação de seda" entre senadores da oposição tentando reverter a impressão negativa da briga causada por senadora e ministro
Brasília
Briga na CPI: presidente da CPi fala que Bolsonaro causa vergonha, senador Marcos Rogério rebate dizendo que a CPI da Covid que faz vergonha a muito tempo.
Tempo e temperatura
Primavera começa com tempo claro e ensolarado em Mato Grosso do Sul
Brasília
CPI termina com sessão em briga, agressão verbal entre senadores e Ministro da CGU.