Menu
Busca Sáb, 19 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
pesquisa

Ibope aponta que 72% reprovam o governo de Michel Temer

05 abril 2018 - 12h42Por Redação Notícias VIP
Pesquisa do Ibope divulgada nesta quinta-feira (5) indicou que a gestão do presidente Michel Temer (MDB) é considerada ótima ou boa por 5% dos entrevistados, enquanto 21% a classificam como regular e 72% como péssima ou ruim. 2% dos entrevistados não souberam opinar ou não responderam.

O levantamento foi encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e foi realizado entre os dias 22 e 25 de março. Foram entrevistadas mais de 2 mil pessoas em 126 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais. 

Foi a primeira pesquisa de opinião após a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. 

No último levantamento, feito em dezembro, a gestão Temer foi classificada como ótima ou boa por 6% dos entrevistados, enquanto 74% a classificaram como ruim ou péssima e 19% como regular. 

A pesquisa do Ibope também mediu a maneira de governar do presidente: ela foi aprovada por 9% dos entrevistados e desaprovada por 87%. Não souberam ou não opinaram 4% dos entrevistados. 

No levantamento de dezembro, 9% aprovavam a maneira de governar de Temer, enquanto 88% desaprovavam. (Sputnik)
RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19
Meio Ambiente
Nuvem de fumaça provocada por queimadas no Pantanal chega ao céu de São Paulo
Brasil
Fumaça do Pantanal faz avião de Bolsonaro arremeter em MT
Três Lagoas
Fogo destrói vegetação, floresta de eucalipto e interdita rodovia em MS
Brasil
Tite convoca a Seleção Brasileira para a estreia nas Eliminatórias
Geral
Do outro lado do balcão De ex-juiz Federal a ex-ministro da Justiça, agora Sergio Moro é o mais "jovem" advogado do Brasil.
Saúde
Uma de 7 infecções de Covid-19 relatadas ocorre em profissionais de saúde, diz OMS
Brasíl
Marco Aurélio suspende inquérito que apura suposta interferência na PF
Brasíl
829 mortos por Covid 19 e 36.330 novos casos de contaminados
STF
COVID NOS PRESÍDIOS Fux renova Recomendação 62 por 6 meses e restringe alcance