Menu
Busca Qui, 02 de julho de 2020
(67) 9.9928-2002
Acordo

Lula deve se entregar sábado, após missa em homenagem a Marisa

06 abril 2018 - 20h05Por Redação Notícias VIP
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva continua na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, após o fim do prazo dado pelo juiz Sérgio Moro para ele se entregar, na sede da Polícia Federal (PF) de Curitiba.

O horário limite era às 17 horas dessa sexta-feira (6), mas segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, os advogados do petista informaram à cúpula da Segurança Pública que o petista só deve se entregar neste sábado (7), em São Paulo.

As negociações estariam sendo feitas com o delegado Igor Romário de Paulo, chefe da Lava Jato em Curitiba. Pelo acordo que está sendo costurado pelos advogados de Lula, o petista deve realizar um pronunciamento durante a celebração e, apenas depois disso, se apresentar para a prisão.

Segundo a Folha de S. Paulo, a ideia inicial era esperar que a Polícia Federal fosse até o sindicato realizar a detenção. No entanto, Lula estaria recuando da ideia depois de conversar com o  ex-ministro José Eduardo Cardozo, que destacou o fato de que Lula seria punido juridicamente caso desrespeitasse a ordem judicial.

Sábado, segundo a presidente do PT, Gleisi hoffmann, será realizada uma missa em homenagem à dona Marisa, na sede do sindicato, às 9h30. A mulher de Lula que faleceu no ano passado e faria 68 anos nesta data. Lula se apresentaria após a celebração.

A PF não realiza prisão após as 18h, mas policiais ouvidos disseram ao Estado que caso o ex-presidente resolva se entregar é possível recebê-lo em São Paulo para depois fazer sua remoção para Curitiba. O avião da PF já se encontra no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Congonhas.
RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Rua do Trad é um lixo
Coronavirus
Com 6 mortes em um dia, MS bate recorde e óbitos por coronavírus chegam a 89 Secretaria de Saúde confirmou três novas mortes somente na tarde desta quarta
Brasília
Mudança das eleições de 2020 continua enrolada
Campo Grande
Marcos Trad é um relaxado, abandonou os bairros à Dengue e às aglomerações desejadas pelo Covid 19
Brasília
Carlos Decotelli deixa comando do Ministério da Educação, diz Folha
Geral
Temor da Covid-19 aumenta entre indígenas isolados da Amazônia brasileira
Receita federal
Hoje é dia do leão beber água
Saúde
Brasil tem 30.476 novos casos de Covid-19 e 552 mortes neste domingo, informa ministério
Saúde
A Covid 19 está solta em Rochedo que não tem como atender os doentes.
Campo Grande
Reclamação da população da lerdeza do prefeito Marcos Trad (PSD) já é comum na cidade
"Trad é medíocre como prefeito" disse funcionário público municipal.