Menu
Busca Sex, 27 de novembro de 2020
(67) 9.9928-2002
LAVA JATO

Lula diz que não vai se entregar à PF, segundo jornal

06 abril 2018 - 09h42Por Alcides Bernal
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira (6) que não vai para Curitiba se entregar à Polícia Federal (PF), informou o petista a Ricardo Kotscho, seu ex-assessor, em entrevista publicada no jornal Folha de S.Paulo .De acordo coma publicação, Lula conversou rapidamente por telefone com o jornalista, por volta das 8h30 da manhã, e informou que estava "tranquilo e bem disposto", inclusive já havia praticado exercícios matinais. O ex-presidente está na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, acompanhado de lideranças do Partido dos Trabalhadores, amigos e seus filhos.


Segundo ordem decretada pelo juiz Sérgio Moro, Lula tem até às 17h (horário local) para se entregar à PF. Ele foi condenado a 12 anos e um mês de prisão acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá (SP).

Ontem (5), a defesa do ex-presidente entrou com um novo pedido de habeas corpus junto ao Superior Tribunal de Justiça na tentativa de impedir a prisão de Lula.
pedofilia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça manda prender ex-vereador envolvido em escândalo sexual em Campo Grande
Pedófilos em cana
PF cumpre mandados de busca contra exploração sexual de crianças
Fronteira
Guerra declarada: tortura e assassinato de quatro homens ligados a Fahd Jamil
Água Clara
GAECO desmonta esquema de fraude a licitações e lavagem de dinheiro
Esporte
Brasileiro: Atlético-MG supera Botafogo e abre vantagem sobre Flamengo
Justiça
STF adia decisão sobre remarcação de concursos por crença religiosa Gilmar Mendes, Marco Aurélio e Luiz Fux votarão amanhã
Esporte
Conmebol altera datas dos confrontos entre Inter e Boca Juniors
Brasilia
Covid-19: avanço no desenvolvimento de vacinas repercute no Senado
MS
Alto percentual de ocupação de leitos requer medidas mais restritivas contra a Covid-19
Argentina
Morre o jogador argentino Diego Armando Maradona