Menu
Busca Dom, 26 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Brasília

Maioria isenta Bolsonaro por mortes na pandemia, aprovação segue em maior nível, diz Datafolha

13 dezembro 2020 - 10h30Por A B

 A maioria da população isenta o presidente Jair Bolsonaro de responsabilidade nas mais de 180 mil mortes causadas pela Covid-19 no Brasil e a aprovação do presidente se mantém em seu nível mais elevado, mostrou uma pesquisa Datafolha publicada pelo jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com o levantamento, o percentual dos que avaliam Bolsonaro como ótimo ou bom se manteve nos mesmos 37% registrados no final de agosto, enquanto os que o consideram ruim ou péssimo são 32%, ante 34%, e os que veem como regular somam 29%, ante 27%.

O levantamento mostrou ainda que 52% dos entrevistados acham que Bolsonaro não tem culpa nenhuma pelas mortes causadas pela pandemia no Brasil, ao passo que 38% entendem que ele é um dos culpados, mas não o principal, e 8% o apontam como principal culpado.

Apesar de a maioria isentar Bolsonaro de responsabilidade pelas mortes, o desempenho dele na pandemia do novo coronavírus é considerado ruim ou péssimo por 42% dos entrevistados, ante 43% em pesquisa realizado em agosto, ao passo que se manteve em 30% o percentual dos que avaliam a atuação de Bolsonaro na pandemia como ótimo ou bom. Os que veem como regular são 27%, ante 25% no levantamento anterior.

O Datafolha ouviu 2.016 pessoas via telefone celular entre os dias 8 e 10 de dezembro. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais. 

Reuters

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Croquete de mandioca com carne: petisco saboroso e prático
Politicos
Vai vendo Brasil!
Religiosos
Padre é preso por desviar dinheiro da igreja para orgias gays e drogas
Brasil e Mundo
Covid-19: Brasil registra 19,4 mil casos e 699 mortes em 24h
Justiça
STF decide se os estados devem pagar hospitais pela tabela SUS
Geral
Anatel aprova leilão da exploração do acesso móvel na tecnologia 5G
Inclusão
Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência
Campo Grande
Preso em ação contra corrupção em MS era o 'braço direito' do ex-prefeito e 'quem assinava os cheques', diz polícia
Operação Policial
Polícia Federal faz operação para combater fraude no INSS do Amazonas
Campo Grande
Ameaça de delação de Gilmar Olarte causa 'espanto', afirma procurador-chefe do MP