Menu
Busca Dom, 01 de agosto de 2021
(67) 9.9928-2002
POLITICA

Marco Feliciano fala o que pensa sobre renúncia do deputado Jean Wyllys

O pastor chamou Wyllys de covarde e que tudo pode não passar de uma jogada midiática, onde ele voltará na "cara de pau"

26 janeiro 2019 - 10h30

O confronto entre o pastor  Marco Feliciano e o deputado federal Jean Wyllys sempre foi marcado por debates intensos, uma vez que o ex-BBB já proferiu várias palavras torpes contra Feliciano, a sua igreja e todo povo evangélico no brasileiro, mas pelo visto este embate terá uma trégua.

Quem está por dentro da política, recentemente acompanhou o episódio onde o candidato reeleito Wyllys renunciou o cargo alegando que estava sendo “ameaçado”, e mencionou uma suposta saída do Brasil. Como esperado Marco Feliciano “desceu o verbo” em cima do seu rival.

O pastor, através das suas redes sociais, publicou um vídeo onde ele rebateu a renúncia do deputado do PSOL. No vídeo, o religioso chamou Wyllys de covarde e que tudo pode não passar de uma jogada midiática, onde ele voltará na “cara de pau” como se fosse importante a sua desistência.

Feliciano ainda falou que sofreu mais quando foi atacado pelos LGBTs, mas que em momento algum desistiu da pátria dele, ainda completou dizendo ter respeito por Jean Wyllys.

“Jean, podemos divergir em quase tudo, mas eu tinha respeito por você, porque você lutava pelo que acreditava, mas abandar tudo? Abandonar seus eleitores, mesmo que tenham sido poucos, fugir para outro país, ainda que eu mesmo brincando lhe cobrei isso tempos atrás, mas por pura ironia, é de uma covardia Jean sem tamanho…”.

Ironizando Marco Feliciano completou que ora a Deus para que quando ele sair do país vá para a Venezuela ou Cuba, para ele saber o que é a verdadeira democracia.

Confira o vídeo:

 

 

 

fonte:gospelprime

violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana