Menu
Busca Sáb, 06 de março de 2021
(67) 9.9928-2002
POLITICA

MILITARES BAIXAM LEI DO SILÊNCIO, MAS QUEREM EXPLICAÇÃO CONVINCENTE DE FLAVIO BOLSONARO

Núcleo militar do governo - que não é pequeno - está incomodado com o escândalo e a falta de explicações do filho do presidente, Flávio Bolsonaro, cuja situação piorou ainda mais neste fim de semana, após as 'bombas' divulgadas pela Globo; enquanto as exp

21 janeiro 2019 - 07h40

O núcleo militar do governo - que não é pequeno - está incomodado com o escândalo envolvendo a família Bolsonaro e a falta de explicações do filho do presidente, o senador eleito Flávio Bolsonaro, cuja situação piorou ainda mais neste fim de semana, após as 'bombas' divulgadas pela Globo, que revelaram depósitos fracionados em sua conta e ainda mostraram que o valor suspeito movimento por seu assessor, Fabrício Queiroz, passa de longe dos R$ 1,2 milhão divulgado inicialmente, chegando até a R$ 7 milhões.

Enquanto as explicações não aparecem, o Palácio do Planalto estabeleceu uma ordem de silêncio, que se estende ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, a fim de tentar blindar Jair Bolsonaro, aponta reportagem de Vinicius Sassine, do Globo, neste domingo. "Moro submergiu e não comenta as suspeitas que recaem" sobre os Bolsonaro, escreve o repórter.

Neste domingo, o general mais próximo a Bolsonaro, o ministro Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), disse ao Globo que não vai se "meter nesse negócio": "Isso não é um problema meu. Eu não vou me meter nisso, não falo sobre isso. Não vou me meter nesse negócio".

Moro também foi procurado, mas limitou-se a dizer "sem comentários".

Já o vice-presidente, general Hamilton Mourão, disse à Reuters que o caso de Flavio Bolsonaro não tem nada a ver com o governo. "É preciso dizer que o caso Flávio Bolsonaro não tem nada a ver com o governo"

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte:brasil247

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mortes por Coronavirus no Brasil
Brasil virou referência de bagunça de politicos, vírus, infeção, falta de estrutura e mortes.
Vacinação
Politicagem e desordem
Economia
Empresas do setor de turismo do MS já podem acessar as linhas de crédito do Fungetur
Campo Grande
Alerta em Campo Grande
Covid 19 em MS
Governo de MS culpa prefeitos por avanço do coronavírus e diz que decisão de lockdown cabe a municípios
Ao contrário de outros Estados, MS decretou apenas toque de recolher às 23h
Campo Grande
Moradores se revoltam contra Trad por sujeira e mato nos bairros da capital
Gestão Pública
Governo inicia mais uma etapa para tornar gestão mais eficiente e qualificar serviços
Esporte
Bolsa Atleta e Bolsa Técnico seguem com inscrições abertas até 12 de março
Digital
Detran Digital: Em um ano, número de CNHs emitidas pelo Portal Meu Detran cresce 45%
Evangélicos
Baixaria na igreja