Menu
Busca Qua, 03 de março de 2021
(67) 9.9928-2002
Justiça

Ministro pede urgência ao TRF-4 no envio de dados sobre prisão de Lula

09 abril 2018 - 09h04Por Redação Notícias VIP
Depois de negar, em caráter liminar, o habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Lula, na semana passada, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Félix Fischer pediu urgência ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) no envio de informações sobre as decisões que culminaram na prisão do petista.

Fischer é relator da Lava Jato no STJ. Depois de negado o recurso a partir de uma decisão individual, haverá ainda o julgamento do mérito pela Quinta Turma da Corte, composta pelos ministros Arnaldo Esteves Lima (presidente), Felix Fischer, Laurita Vaz, Napoleão Maia Filho e Jorge Mussi, segundo informações da coluna Expresso, da Época.

O colegiado, no entanto, tem seguido o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) de execução da pena a partir da condenação em segunda instância.

Na quarta-feira passada (4), a defesa do ex-presidente tentou reverter o entendimento, mas, por 6 votos a 5, a Corte negou um habeas corpus preventivo para evitar a prisão de Lula. Um dia depois, Moro decretou a prisão do ex-presidente, que se entregou à Polícia Federal no sábado (7). Ele está detido na superintendência da PF em Curitiba (PR).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tempo e temperatura
Restante da semana terá aumento de nebulosidade e mudanças no tempo
Pandemia
Brasil registra 1.726 mortes pela COVID em 24 horas e volta a bater recorde
País enfrenta o pico da crise causada pelo novo coronavírus, com colapso na saúde em vários estados
Congresso Nacional Brasileiro
Covid-19: Câmara e Senado aprovam projeto para compra de vacinas por estados
Judiciário
Ministro do STJ anuncia aposentadoria durante sessão
Brasíl
STF rejeita denúncia contra parlamentares do PP
Interior
Em breve, população de Amambai poderá contar com a universalização da coleta e o tratamento do esgoto
Novo Coronavirus
Com mais 20 mortes, MS já perdeu 3.350 para a Covid-19
MS
Agepan publica Portaria que institui Termo de Ajustamento de Conduta no transporte rodoviário
Covid 19
MS tem mais de 183 mil casos confirmados e 3,3 mil mortes
Reação contra deputados
"A covardia dos deputados estaduais é bizarra, multar quem tomar ou aplicar a vacina? A vida e saúde é direito constitucional e dever do estado", disse Alcides Bernal (PP).