Menu
Busca Sáb, 24 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
POLÍTICA

Miriam Leitão: Bolsonaro exalta ditador sanguinário

27 fevereiro 2019 - 08h15

A jornalista Miriam Leitão atacou o presidente brasileiro Jair Bolsonaro por exaltar o ditador paraguaio Alfredo Stroessner durante a cerimônia de posse do novo diretor-geral da usina Itaipu Binacional, em Foz do Iguaçu (PR).

“O ditador Stroessner foi sanguinário, tinha uma polícia política das mais violentas e era chefe de um governo corrupto. Ficou 35 anos no poder no Paraguai. Essa é a verdade sobre ele. O presidente Bolsonaro o admira, como disse hoje”, escreveu no Twitter.

Bolsonaro também elogiou todos os presidentes da ditadura militar brasileira em seu discurso.


“Queria relembrar aqueles que foram os responsáveis por essa obra [de Itaipu]. Isso tudo, as primeiras tratativas começaram ainda lá atrás no governo do Marechal Castello Branco, o homem que foi eleito presidente do Brasil no dia 11 de abril de 1964 “, disse Bolsonaro no início do seu discurso que durou cerca de cinco minutos.

 

fonte:catracalivre

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana
Saúde
Covid-19: Brasil soma 541,2 mil mortes e vai a 19,3 milhões de casos
Violência
Em vídeo exclusivo, DJ Ivis pede perdão a Pamella e a todas mulheres
Tempo
Ela vem: frente fria vai derrubar temperaturas para menos de 3ºC e causar geada em MS, diz previsão