Menu
Busca Qua, 28 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
VICE PRESIDENTE

MOURÃO GARANTE QUE O FILHO FICA NO CARGO ARRANJADO NO BB

10 janeiro 2019 - 10h11

O general Hamilton Mourão decidiu: seu filho fica no cargo de assessor especial da presidência do Banco do Brasil, com um salário de R$ 36,3 mil, o triplo do atual, com o qual foi premiado esta semana; em duas entrevistas ele foi taxativo sobre a permanência de Antônio Hamilton Rossell Mourão no cargo-prêmio eleição: "Sim. Não vai ceder.", disse em uma. Em outra foi ainda mais incisivo ao negar a possibilidade de o filho desistir: "Falei pra ele que não, negativo. 'Isso é uma coisa que é sua, lhe pertence, e acabou.' Não tem nada demais isso aí"

 

O general Hamilton Mourão decidiu: seu filho fica no cargo de assessor especial da presidência do Banco do Brasil, com um salário de R$ 36,3 mil, o triplo do atual, com o qual foi premiado esta semana. Ao jornal O Estado de S.Paulo, Mourão foi taxativo sobre a permanência de Antônio Hamilton Rossell Mourão no cargo-prêmio eleição: "Sim. Não vai ceder." À revista Piauí, Mourão foi ainda mais incisivo ao negar a possibilidade de o filho desistir: "Falei pra ele que não, negativo. 'Isso é uma coisa que é sua, lhe pertence, e acabou.' Não tem nada demais isso aí". 

Para o general afirma que a promoção do filho não prejudica o governo "se o meu filho fosse um camarada de fora do banco, seria algo totalmente fora, apesar de ser permitido, porque o presidente tem cargos de livre provimento. Em fevereiro, (seu filho) completa 19 anos (de banco). Não tive nada a ver com isso, o presidente do banco o conheceu em uma apresentação e o convidou para ser assessor."

Mourão diz que a promoção é resultado de "meritocracia": "Não é por ser meu filho, mas ele é um profissional extremamente qualificado. Se eu pudesse, o teria aqui na minha equipe."

Nos últimos dias, Mourão divulgou uma versão segundo a qual seu filho teria sido alvo de "perseguição" no banco durante os governos do PT. A versão foi desmoralizada por Marcelo Auler, integrante do projeto Jornalistas pela Democracia que demonstrou em reportagem como Antônio Hamilton Rossell Mourão saltou três degraus hierárquicos no BB, e recebeu nada menos do que oito promoções durante os governos Lula e Dilma.

 

 

Fonte:site247

violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana