Menu
Busca Ter, 20 de agosto de 2019
(67) 9.9928-2002
Trágedia

Mulher de ex-deputado federal bate caminhonete em moto, fere casal e mata criança de 3 anos em MT, diz polícia

Motorista não prestou socorro, fugiu e abandonou veículo no local do acidente. Criança morreu horas depois no Hospital Regional de Rondonópolis.

12 agosto 2019 - 20h00

Uma criança, de 3 anos, morreu na noite desse domingo (11) após um acidente em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, uma caminhonete atingiu uma motocicleta onde estava a criança e um casal. O veículo era dirigido por Lidiane Campos, mulher do ex-deputado federal Adilton Sachetti (PRB-MT).

 
Lidiane Campos, mulher do ex-deputado federal Adilton Sachetti (PRB-MT) — Foto: Instagram/Reprodução

Lidiane Campos, mulher do ex-deputado federal Adilton Sachetti (PRB-MT) — Foto: Instagram/Reprodução

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Civil, Lidiane não prestou socorro, fugiu do local e abandonou o veículo. Um advogado dela comunicou à polícia que ela vai se apresentar na 1ª delegacia da Polícia Civil, em Rondonópolis Até a manhã desta segunda-feira (12) ela ainda não havia se apresentado.

O G1 ligou e mandou mensagem para o ex-deputado, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria. A reportagem também pediu um posicionamento da assessoria do ex-deputado, mas também não teve retorno.

O acidente ocorreu por volta de 18h40 no cruzamento da Avenida 15 de Novembro com a Avenida Tiradentes, no Centro de Rondonópolis.

 
Daniel Augusto Costa morreu no acidente; foto foi tirada ontem com o pai e a madrasta, feridos no acidente — Foto: Arquivo pessoal

Daniel Augusto Costa morreu no acidente; foto foi tirada ontem com o pai e a madrasta, feridos no acidente — Foto: Arquivo pessoal

 

Lidiane dirigia uma Hilux SW4 que cruzou a Avenida 15 de Novembro, atingindo a moto. Estavam na moto Dayane Palmeiras dos Santos, de 35 anos, o marido dela, Marcos Souza da Costa, de 30 anos, e Daniel Augusto Costa, de 3 anos, filho de Marcos e enteado de Dayane.

A caminhonete, mesmo após a batida, prosseguiu até a Rua Rosa Bororo e virou fugindo pela contramão.

Quando a polícia chegou encontrou a caminhonete na própria Avenida 15 de Novembro, local do acidente.

 
Acidente que matou criança ocorreu em cruzamento no Centro de Rondonópolis — Foto: Divulgação

Acidente que matou criança ocorreu em cruzamento no Centro de Rondonópolis — Foto: Divulgação

 

O automóvel foi apreendido, mas a motorista não estava no local. O casal e a criança foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Regional de Rondonópolis.

A criança não resistiu e morreu por volta de 23h. A polícia pediu exame de corpo de delito e fez a liberação. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Um boletim de ocorrência foi registrado por omissão de socorro e homicídio culposo (quando não há intenção de matar).

 
Creche onde criança estudava decretou luto em Rondonópolis — Foto: Emerson Sanchez/TV Centro América

Creche onde criança estudava decretou luto em Rondonópolis — Foto: Emerson Sanchez/TV Centro América

 

Adilton Sachetti foi prefeito de Rondonópolis de 2005 a 2008. Ele atuou como deputado federal de janeiro de 2015 até o começo deste ano. Ele é o presidente Estadual do PRB-MT.

 

Velório e luto

O velório da criança é feito nesta segunda-feira na Casa de Velório União Familiar - Funerária São José. A previsão é de que o sepultamento ocorra às 15h30 no Cemitério do Lourencinho, na saída de Rondonópolis para Pedra Preta, a 243 km de Cuiabá.

A creche onde Daniel estudava, CMEI Jéssica Adriana Ferreira Lima, decretou luto e suspendeu as aulas nesta segunda-feira.

Com informações, G1.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Roda Viva
"Moro vem perdendo força no governo", diz Alexandre Frota
Política
Witzel consulta Mourão sobre reestruturação do comando da PMRJ
Tempo
Frente fria avança em MS e Inmet faz alerta sobre queda brusca de temperatura
Economia
Dólar volta a subir e fecha no maior valor em três meses
Meio Ambiente
Bruxelas plantará uma árvore para cada recém-nascido
Luta pela democracia
Brasileira que participou de protestos em Hong Kong diz que ameaça chinesa não vai parar manifestantes
Fênomeno raro
FUMAÇA DE QUEIMADAS NA AMAZÔNIA ESCURECE CIDADES DO CENTRO-OESTE E SUDESTE
Além de política, até no entretenimento
Conflitos em Hong Kong chegam ao cinema com Jackie Chan e Mulan
Fora de sí
Jovem atropela padrasto, sobe no telhado e ameaça se matar
Covardia
Três moradores de rua são atropelados no centro de SP