Menu
Busca Qui, 27 de fevereiro de 2020
(67) 9.9928-2002
Politica

'Não tiro uma vírgula', diz deputado do PSL sobre recompensa por morte

Em discurso na última quarta-feira (11), o deputado estadual do ES Capitão Assumção ofereceu recompensa em dinheiro para a morte de um criminoso

13 setembro 2019 - 14h30

O deputado estadual Capitão Assumção (PSL) não se abala com a repercussão que gerou ao oferecer R$ 10 mil para quem matar o assassino de uma mulher na frente da filha na madrugada de quarta, 11, em Cariacica, no interior do Espírito Santo. Ao contrário, ele se empolga. "Não tiro uma vírgula. Só me arrependo de não ter mais dinheiro para oferecer", disse o deputado à reportagem.

No mesmo dia do assassinato, Capitão Assumção foi à tribuna da Assembleia e lançou o desafio. "Quero ver quem é que vai correr atrás para prender esse vagabundo", disse, apontando para uma foto da mulher executada reproduzida no telão do plenário. "Dez mil reais do meu bolso para quem mandar matar esse vagabundo. Ele não merece estar vivo, não."

Ele seguiu. "Tem que entregar o cara morto, aí eu pago. Vagabundo que tira vida de inocente, vai usar o sistema para ser beneficiado? A gente tem que parar com isso de achar que preso é gente boa. Preso vai para lá porque fez maldade contra o cidadão. Não pode estar vivo uma praga dessa, não. É um custo muito alto para o cidadão."

O deputado havia compartilhado o discurso em sua conta no Facebook e no Instagram. Contudo, as duas plataformas excluíram o material nesta sexta-feira, 13. O parlamentar ainda foi bloqueado pelo Facebook e está impedido de fazer publicações pelo prazo de 30 dias.

Com informações, R7.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
"Trad parece que gosta de ver a população no buraco e lixo.", reclamou morador
Brasília
Bolsonaro evita imprensa
Polícia
Giroto está desesperado para sair da cadeia
Saúde
Coronavírus: Japão desembarca tripulação do navio Diamond Princess
Política
Senadores têm 12 dias de 'recesso' e retornam em março
Brasília
Senadores reagem à vídeo de Bolsonaro
Brasil e Mundo
Segredos do lado oculto da Lua são revelados por missão da China
Política
Bolsonaro não pode justificar vídeos contra Congresso como 'conversa pessoal', dizem constitucionalistas
Economia
Dólar aproxima-se de R$ 4,45, e bolsa cai 7% com coronavírus
Ceará
Ceará cria comissão para tentar intermediar fim do motim de policiais