Menu
Busca Sex, 17 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Fronteira

Pistoleiros matam mecânico de 47 anos, com três tiros de pistola.

O assassinato ocorreu à luz do dia em Ponta Porã

13 maio 2020 - 07h00Por Plantão de notícias

Em Pedro Juan Cabalhero e Ponta Porã a pandemia não consegue parar os matadores de aluguel. 

Uma dupla, montada em motocicleta, emparelhou à camionete hilux onde estava o casal, gritando "perdeu, perdeu", para na sequência desferir tiros.

Inicialmente, levantou-se a possibilidade da vítima ter sofrido um latrocínio, mas diante do fato de os dois motociclistas fugirem do local, sem roubar nada, passou-se a investigar a pistolagem.

A Vítima, Francisco Ramão Lopes, ficou com o corpo estendido ao chão, enquanto a esposa em estado de choque clamava por socorro.

Até o presente momento nada foi descoberto pela polícia. "Tomara que essa morte não seja esquecida no armário dos crimes sem autoria.

Com J. Paraguaio/ Pedro Panfilo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rio de Janeiro
Apoiadores de Bolsonaro fazem ato em Copacabana, no Rio de Janeiro
São Paulo
Manifestantes fazem ato na Av. Paulista a favor de Bolsonaro
Brasília
PM informa que restabeleceu bloqueio na Esplanada dos Ministérios
Tribunal de Justiça
Fux manda retirar bandeira do Brasil Império hasteada na sede do TJ de Mato Grosso do Sul
Brasília
Esplanada terá esquema especial de segurança para protestos deste feriado
Brasíl
7/9: Moraes bloqueia contas de acusados de organizar atos antidemocráticos
MS já vacinou 50% dos jovens de 12 a 17 anos contra covid com a 1° dose – Feriado
MS
Secretaria de Estado de Saúde confirma três casos da variante Delta em Mato Grosso do Sul
STF
Urgente: Moraes determina prisão de ex-PM que o ameaçou de morte
Meio Ambiente
Ganhou prazo para resolver o problema, sob pena de multa e improbidade do prefeito