Menu
Busca Ter, 26 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
Brasil

Presidente do STF diz que autoritarismo e ataques à democracia são nefastos

20 abril 2020 - 15h00Por Reuters Brasil

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, afirmou nesta segunda-feira que são nefastos o autoritarismo e os ataques à democracia e destacou que não é possível admitir solução que seja fora da democracia, um dia após o presidente Jair Bolsonaro ter ido a um ato público em que manifestantes pediram o fechamento da corte, do Congresso Nacional e uma intervenção militar no país.

A manifestação de Toffoli foi feita por videoconferência organizada pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e que contou com outras entidades.

“As seis entidades (participantes) têm no DNA o conhecimento do quão nefasto é o autoritarismo, do quão nefastos são os fundamentalismos, do quão nefasto é o ataque às instituições e à democracia”, disse.

 

Segundo o presidente do STF, a corte tem atuado na perspectiva de se manter o pacto previsto na Constituição.

“Não é possível admitir qualquer outra solução que não seja dentro da institucionalidade do Estado Democrático de Direito, da democracia”, destacou.

Essa é a primeira manifestação do presidente do STF após a presença de Bolsonaro em ato antidemocrático realizado em Brasília no domingo. Outros ministros da corte, como Gilmar Mendes e Roberto Barroso, criticaram as manifestações.

 

Nesta segunda, o procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu ao STF a abertura de um inquérito para apurar a organização dos atos. O presidente não é um dos alvos da investigação —que vai correr sob sigilo e deve apurar o envolvimento de deputados federais em sua organização.

Também na segunda, Bolsonaro negou que a manifestação tivesse viés antidemocrático —após discursar no ato de domingo que pedia intervenção militar no país— e repreendeu um apoiador que pediu o fechamento do Supremo. [nL1N2C80MI]

Reportagem de Ricardo Brito

pedofilia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Janeiro registra mais de 460 óbitos por coronavírus e já é o 3º pior mês da pandemia
Tempo
Terça-feira de tempo claro, calor e pancadas de chuva à tarde
Campo Grande
Casa de Evento na MS-080 reuniu cerca de 15 mil pessoas no sábado no Show de dupla sertaneja
Fronteira
"Gringo Gonzales", considerado um dos mais temidos do mundo do crime, foi preso em PJC.
Fronteira
Pistoleiro que executou policial paraguaio foi preso e transferido para Assunção.
Campo Grande
Festa com aglomeracão é flagrada e organizadores vão parar na polícia.
Oxigênio
Caminhões com carga de oxigênio chegam a Manaus
Covid 19 em MS
Número de casos de Covid-19 continua alto na maioria das cidades do Estado
Vacina
Fiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca
Acidente
Avião cai em TO com jogadores e presidente do Palmas Futebol