Menu
Busca Seg, 18 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
STF

Presidente do STF é hospitalizado para drenar abscesso, tem sinais que sugerem infecção por Covid-19

24 maio 2020 - 14h09Por Reuters

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, foi hospitalizado no sábado para drenagem de um pequeno abscesso, procedimento que transcorreu bem, afirmou a corte em comunicado neste domingo, acrescentando ainda que ele apresentou sinais respiratórios que sugeriram infecção por Covid-19.

De acordo com o secretário de Saúde do STF, Marco Polo Dias Freitas, Toffoli deve permanecer internado para monitoramento. “No momento, o ministro está bem e respira normalmente, sem ajuda de aparelhos”, afirmou, citando que o ministro foi submetido a teste diagnóstico para o novo coronavírus na última quarta-feira, que teve resultado negativo.

Como não há confirmação de o ministro Dias Toffoli ter contraído o coronavírus, ficará de licença médica por 7 dias, podendo ser ampliada dependendo do resultado dos exames, informou a assessoria do ministro Luiz Fux.

“Nesse período assumirá a Presidência (do STF) o ministro Luiz Fux”, acrescentou a assessoria de Fux.

Por Paula Arend Laier

violência contra a mulher 2

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governo federal
Vacinação contra covid-19 começa ainda hoje nos estados, diz Pazuello
Trânsito
DPVAT: Seguro obrigatório não será cobrado em 2021
Covid 19 em MS
Secretário de Saúde do MS anunciou trazer vacinas contra Covid 19
Tempo
Meteorologia prevê semana chuvosa em Mato Grosso do Sul
Vacina
Enfermeira negra é primeira pessoa vacinada contra covid-19 no Brasil
Vacina
Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford
Campo Grande
Briga de trânsito na V. Aimoré termina com agressão a facão
Covid 19 em MS
Ocupação de leitos em UTI Covid continua alta nas cinco macrorregiões do Estado
Campo Grande
Veja exemplos de jovens que evitam aglomerações para impedir contágio do coronavírus
Polícia
Denúncia anônima pelo 181 da PM ajuda no combate de crimes