Menu
Busca Dom, 01 de agosto de 2021
(67) 9.9928-2002
RECEITA FEDERAL

Primeira-dama também deve ser investigada por movimentações financeiras

Michelle Bolsonaro recebeu R$ 24 mil de Fabrício Queiroz e pode ter contas averiguadas pelo Fisco

25 janeiro 2019 - 08h30

A investigação sobre movimentações financeiras atípicas nas contas de 27 deputados estaduais e 75 assessores da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) deve chegar à primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Esta é a avaliação feita por um auditor fiscal ouvido pelo blog do Josias. Segundo o profissional, tudo indica que Receita Federal vai averiguar as contas de Michelle, já que o relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), anexado à Operação Furna da Onça - um desdobramento da Operação Lava Jato no Rio -, aponta que a primeira-dama recebeu R$ 24 mil de Fabrício José de Queiroz, ex assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro. Tanto Queiroz quanto Flávio são alvo da apuração.

Segundo explicou o auditor, por essa mesma linha de raciocínio, o Fisco pode cobrar explicações do próprio presidente da República, Jair Bolsonaro, já que ele atribuiu o depósito para a sua mulher ao pagamento de um suposto empréstimo de R$ 40 mil que teria feito ao "amigo" Queiroz.

“Emprestei dinheiro para ele em outras oportunidades. Nessa última agora, ele estava com um problema financeiro e uma dívida que ele tinha comigo se acumulou. Não foram R$ 24 mil, foram R$ 40 mil. Se o Coaf quiser retroagir um pouquinho mais, vai chegar nos R$ 40 mil", disse Bolsonaro.

Entre 2016 e 2017, foi registrada uma movimentação atípica de R$ 1,2 milhão nas contas de Queiroz.

vacina sim

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana