Menu
Busca Qui, 17 de junho de 2021
(67) 9.9928-2002
Política

Produtores rurais de Campo Grande e região participam de manifestação pró-Bolsonaro em Brasília

Produtores rurais do Sindicato Rural de Campo Grande, Rochedo e Corguinho (SRCG) estão em Brasília neste exato momento

16 maio 2021 - 10h29Por A Crítica

Produtores rurais do Sindicato Rural de Campo Grande, Rochedo e Corguinho (SRCG) estão em Brasília desde ontem (14) participando do Movimento Brasil Verde e Amarelo, com apoio de entidades ligadas à agropecuária de todas as unidades federativas. A mobilização está acontecendo neste sábado (15).

Entre ônibus, carros e avião, cerca de 200 produtores de Campo Grande e região, participam do manifesto, fora todos os demais grupos do interior que estão a caminho da Capital federal. A reportagem do jornal A Crítica está no local fazendo a cobertura do evento.

Uma das participantes da manifestação é a pecuarista ex-presidente do Sindicato Rural de Coxim, Terezinha Cândido, demonstra a satisfação em participação do movimento. "É uma satisfação muito grande e de dever cumprido. Nós [produtores rurais], falamos muito que produzimos alimentos para o mundo e infelizmente somos muito mal valorizados da nossa produção. Como é um setor importante, temos que nos unir e brigar pelo Brasil. Estamos aqui fazendo nossa parte não só em produzir alimentos, mas também falar de cidadania e apoiando o presidente Jair Bolsonaro", ressalta.

A viagem também vai contar com visitas a centros públicos de Brasília

Entre ônibus, carros e avião, cerca de 200 produtores de Campo Grande e região, participaram do manifesto 

O micro-produtor rural José Carlos de Araújo de Campo Grande ressalta a importância do trabalho no campo. "Isso é muito bom, pois é uma oportunidade de reforçar a nossa importância para o País. Não tem como a cidade sobreviver sem o campo", destaca.

A manifestação iria contar com a presença de Bolsonaro nesta manhã, porém o chefe do Executivo confirmou presença no evento nesta tarde na Esplanada dos Ministérios.

O presidente do Sindicato Rural de Campo Grande, Rochedo e Corguinho (SRCG), Alessandro Coelho, aponta que os objetivos dos sócios do Sindicato é o apoio ao executivo

À frente de uma das comitivas, o presidente do Sindicato Rural de Campo Grande, Rochedo e Corguinho (SRCG), Alessandro Coelho, aponta que apesar de diferentes bandeiras que o movimento defenderá, os objetivos dos sócios do Sindicato é o apoio ao executivo. "Estamos presentes, para demonstrar apoio do setor rural ao poder executivo, tendo em vista ser um setor muito sensível da economia e que trabalha com margens estreitas, o que gera uma dependência especial do executivo. A ministra, Tereza Cristina, tem trabalhado de forma muito profícua e eficiente dentro desses segmentos, desenvolvendo a agricultura familiar, o Selo Arte, abrindo mercados, desenvolvendo pequenos produtores e fazendo com que se tornem pujantes e mais competitivos. Isso amplia a renda desses produtores, que há pouco tempo ficavam totalmente fora do processo econômico do país", aponta o presidente do Sindicato Rural de Campo Grande. 

 

 200 entidades de produtores rurais que compõem o Movimento Brasil Verde e Amarelo convocaram os atos deste sábado

Durante entrega de títulos definitivos de terras em Mato Grosso do Sul na manhã de ontem, a ministra Tereza Cristina destacou a importância do Governo Federal neste momento aos ruralistas. "Vocês não sabem da minha emoção de poder ajudar a todos. Eu tenho andado por todo esse País levando as políticas públicas que o presidente fez com que a gente pudesse fazer chegar até vocês. Essa é a maior entrega de títulos dos últimos 15 anos de Governo Federal. É um programa nacional, mas saímos na frente, pois já temos mais de 40 municípios que já aderiram a esse programa", explica a ministra.

A bancada ruralista no Congresso, por exemplo, não apoia a manifestação - dirigentes da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA). Mas quase 200 entidades de produtores rurais que compõem o Movimento Brasil Verde e Amarelo convocaram os atos deste sábado.

 
violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Semana começa com restrições em 43 cidades do MS; confira o que pode e não pode
Mato Grosso do Sul
Última semana de outono será de tempo firme e temperaturas agradáveis em MS
UEFA Euro 2020
Veja a repercussão dos jornais internacionais do mal súbito de Eriksen em Dinamarca x Finlândia
Campo Grande
Com 43 municípios em risco extremo, começa a valer nova classificação do Prosseguir
Tempo e temperatura
Domingo de tempo firme e temperaturas agradáveis em Mato Grosso do Sul
Geral
5 flores para plantar em junho e deixar seu jardim mais colorido
Mato Grosso do Sul
Secretaria de Estado de Saúde transfere mais quatro pacientes para São Bernardo do Campo nesta sexta-feira
Geral
Ford: R$ 10 milhões pelo ralo diariamente
Octógono
Douglas Lima é dominado por ucraniano e perde cinturão do Bellator
Tempo e temperatura
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados