Menu
Busca Qui, 20 de junho de 2019
(67) 9.9928-2002
POLÍTICA - caso de cassação de mandato

Tio Trutis (PSL), contrata irmão de parlamentar do mesmo partido

Deputado de Mato Grosso do Sul contratou Ramiro Laterça, que é irmão do deputado federal do (PSL/RJ), Felício Laterça

12 junho 2019 - 11h00

 

Deputado de Mato Grosso do Sul contratou Ramiro Laterça, que é irmão do deputado federal do (PSL/RJ), Felício Laterça

Essa atitude é proibida por lei, se traduz em nepotismo cruzado, gera prejuízo ao erário, quebra o decoro parlamentar e é motivo de cassação por improbidade administrativa.

Um desconhecido que se elegeu ostentando armas nas redes sociais, atacando o governador apoiado pela sua sigla e que até a presente data não apresentou projeto de lei.

Tio trutis è um deputado boquirroto, despreparado e merecedor da réprimenda da lei de regência.

Mato Grosso do Sul perde muito com esse tipo de pessoas ocupando cargo de deputado federal pelo estado.

Assista a briga do deputado com as vereadoras da capital.

https://youtu.be/FAPh577bHSo

 

Loester ou Tio Trutis o deputado fanfarrão, se acha o detentor de poder de despota, ameaçando a imprensa, esquecendo-se que vivemos em um ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO.

Políticos devem prestar contas de seus atos e mandatos Tio Trutis é uma decepção parlamentar, não trata de questões de relevância nacional, apenas confusões superficiais de moço.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fronteira sangrenta
A população está órfã de Segurança Pública no ME
Preocupação com segurança de dados é a maior em 10 anos
São e salvo
Piloto sequestrado durante roubo de avião é localizado em cidade de MT
COPA AMÉRICA
Messi faz de pênalti, mas Argentina só empata com o Paraguai e é lanterna
POLÍTICA
Moro: "Não tenho apego ao cargo, se houver irregularidades, eu saio"
POLÍTICA
A traição e a volta por cima de Alcides Bernal
POLÍTICA
Após tensão com a Câmara, Guedes 'perde' a Previdência para Maia
FAMOSOS
Morre Rubens Ewald Filho aos 74 anos
INTERIOR
Piloto sequestrado com avião em MS já foi preso pela PF por tráfico de drogas
SKOL testa carrinho de compras que auxilia pessoas cegas nos supermercados