Menu
Busca Qua, 20 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
Política

Vídeo de reunião ministerial tem Weintraub chamando Brasília de “porcaria” que precisa acabar

21 maio 2020 - 10h03Por Plantão jornalístico

A reunião ministerial de 22 de abril em que o presidente Jair Bolsonaro teria tratado de interferência na Polícia Federal (PF) ainda vai despertar muitas controvérsias e criar saias-justas. Sobrou até para Brasília.

Para o polêmico ministro da Educação, Abraham Weintraub, que costuma utilizar palavrões em ambientes fechados e palacianos, Brasília é uma “porcaria” que precisa acabar. Ele disse ainda que a capital é um “cancro”.

Quem esteve presente e quem viu o vídeo relata que o presidente Jair Bolsonaro concordou com os ataques de Weitraub à capital da República. Na reunião ministerial, cuja gravação está nas mãos do ministro Celso de Mello, ainda houve insultos à capital do Brasil, tais como os salários do funcionalismo público e, em especial, dos integrantes do Judiciário.

Bastidores

Ao tomar conhecimento das declarações do ministro da Educação, Abraham Weintraub, o governador Ibaneis Rocha comentou: “Não ouvi, mas certamente não deve ser com a cidade e sua população, deve ser com o que acontece nos bastidores da política”.

 

Correio Braziliense

violência contra a mulher 2

Deixe seu Comentário

Leia Também

Interior
Com vacinas disponíveis, municípios do interior iniciam imunização em idosos
Campo Grande
Em menos de 24h, Estado distribui vacinas e municípios já estão autorizados a iniciar imunização contra Covid-19
Campo Grande
Capital pode sofrer com situação semelhante à de Manaus, prevê USP
Campo Grande
Chuvas e temperatura amena em MS, nesta terça-feira.
Mundo
China enfrenta pior surto de covid-19 desde março de 2020
Governo federal
Vacinação contra covid-19 começa ainda hoje nos estados, diz Pazuello
Trânsito
DPVAT: Seguro obrigatório não será cobrado em 2021
Covid 19 em MS
Secretário de Saúde do MS anunciou trazer vacinas contra Covid 19
Tempo
Meteorologia prevê semana chuvosa em Mato Grosso do Sul
Vacina
Enfermeira negra é primeira pessoa vacinada contra covid-19 no Brasil