Menu
Busca Dom, 05 de dezembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Saúde

Com 78% da população vacinada, queda de mortes em outubro chegou a 68%

06 novembro 2021 - 07h30Por SES/MS

Com 78% da população vacinada ao menos com a primeira dose no Estado, a queda de mortes por covid em outubro chegou a 68%, comparado ao mês anterior. A redução de casos também foi de 18% em relação a setembro. O cenário é o melhor do ano e só fica atrás dos três primeiros meses da pandemia em 2020. 

Segundo os dados da SES (Secretaria Estadual de Saúde) foram 48 mortes e 3.456 casos registrados de Covid em outubro, contra 155 (óbitos) e 4.336 (casos) do mês de setembro. A queda nas ocorrências e mortes em função da doença segue por quatro meses consecutivos (julho, agosto, setembro e outubro).

A taxa de transmissão da Covid no Estado que já ultrapassou 1,00, considerado fora de controle, agora permanece abaixo de 0,90 desde a segunda quinzena de julho, estando nesta semana em 0,85. Isto quer dizer que de 100 infectados pela doença, eles transmitem para outras 85.

Para os especialistas o motivo para redução dos casos e mortes por quatro meses consecutivos é o aumento da vacinação na população, que imunizada reduz os casos graves e mortes, além de diminuir também a transmissão do vírus. O resultado reflete na queda da ocupação de leitos e número de internados.

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, reconhece o cenário positivo, mas adverte a necessidade de ter precauções em relação a doença. "Estamos caminhando para um cenário diferente mas precisamos ter toda precaução. A todo momento assistimos o recrudescimento em vários países da Europa. É preciso a gente ter esses exemplos para gente mostrar que em MS precisamos mais uma vez fazer com que a ciência”. 

Destaque em nível nacional, Mato Grosso do Sul já vacinou ao menos com a primeira dose 78% da população e 65% com a imunização completa (segunda dose e dose única). Se levar em conta o público adulto este percentual sobe para 96% e 83% respectivamente.

Ao todo já foram aplicadas 4 milhões de doses no Estado. Em relação aos adolescentes de 12 a 17 anos, 77% do grupo estimado já recebeu ao menos a primeira dose. A terceira dose de reforço aos idosos também já chegou a 228.855 pessoas.

Desde o início da imunização, Mato Grosso do Sul está nas primeiras colocações no ranking nacional de vacinação e faz a distribuição dos imunizantes em 12 horas aos 79 municípios do Estado. O governador Reinaldo Azambuja também incentivou os “mutirões” nos municípios, com o lema “vacina no braço e não na geladeira”.

Leonardo Rocha, Subcom
Foto Capa : Edemir Rodrigues/Arquivo

vacina sim

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasília
Senado aprova PEC dos Precatórios, que viabiliza Auxílio Brasil; texto volta para a Câmara
Texto limita pagamento anual das dívidas da União e muda período de inflação para cálculo do teto de gastos. Governo estima que projeto abrirá R$ 106 bilhões no orçamento.
Brasília
Senado aprova PEC dos Precatórios, que viabiliza Auxílio Brasil; texto volta para a Câmara
Judiciário
Desembargador anula condenação de Palocci em processo da Lava Jato
Polícia federal
Grupo com atuação no tráfico internacional de cocaína é alvo da PF
São Paulo
São Paulo mantém exigência do uso de máscaras em ambientes abertos
Loteria
Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena; prêmio acumula em R$ 16 milhões
Mato Grosso do Sul
Grupo com atuação no tráfico internacional de cocaína é alvo da PF
Internacional
EUA e Alemanha querem novas restrições; Ômicron preocupa investidores Países temem que variante ameace tentativa de recuperação econômica
Dezembro vermelho
Saúde alerta para a importância da prevenção, diagnóstico e tratamento contra o HIV/Aids
Mato Grosso do Sul
SED divulga calendário Escolar de 2022; aulas terão início em março