Menu
Busca Qua, 23 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Campo Grande

Covid 19 tem epicentro na capital do MS

As pessoas estão sendo infectadas e até perdendo a vida, mas o prefeito não toma providências contra Covid 19

27 agosto 2020 - 12h30Por SES

Mato Grosso do Sul registrou 902 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, conforme divulgado nesta quinta-feira (27) no boletim epidemiológico do novo coronavírus. O número, que reflete incremento de 2% na curva, resulta em uma média de 37,5 novos casos a cada 24h. A média móvel, que corrige as distorções e ajuda a entender melhor redução, aumento ou estabilização dos números, está em 866 infecções por dia, nos últimos 7 dias. Em Campo Grande, a média móvel é 389 no mesmo período.

Com isso, o total de infectados em MS chega a 46.261, com registro total de 800 mortes – 17 nas últimas 24 horas, conforme a SES (Secretaria de Estado de Saúde). O boletim detalha, ainda, que MS já soma 194.824 casos notificados, dos quais 144.211 foram descartados. Há 1.832 amostras em análise no Lacen-MS (Laboratório Central de MS) e parceiros, além de 2.520 casos que ainda aguardam encerramento pelos municípios.

Os novos casos de Covid-19 apresentados hoje estão distribuídos em 51 municípios. Campo Grande lidera com 340 casos, seguida Corumbá (95), Dourados (65), Nova Alvorada do Sul (58), Sidrolândia (33), Três Lagoas (28), Aquidauana (24), dentre outros. Confira nas tabelas os detalhamentos com os demais registros e retificações.

 

800 óbitos em MS

Nas últimas 24 horas foram registrados 17 óbitos, todos ocorridos em agosto. Deste total, 11 foram de residentes em Campo Grande, 3 em Corumbá, um em Ladário, um em Chapadão do Sul e um em Mundo Novo. Dos 17 pacientes que morreram, apenas dois não tinham relatos de comorbidades ou fatores de risco. Confira a tabela com os detalhamentos fornecidos pela SES.

Com 800 vítimas, a taxa de letalidade da Covid-19 em MS está em 1,7%. A média móvel de óbitos está em 14,1 mortes diárias nos últimos 7 dias, com 390 mortes ocorridas neste mês de agosto, contra 320 em julho, 70 em junho, 11 em maio, 8 em abril e uma em março. Em Campo Grande, a média móvel foi de 8 mortes diárias no mesmo período, com 180 óbitos registrados em agosto, contra 132 em julho, 5 em junho, 5 em maio e 2 em abril.

Internados e taxas de ocupação

Dos 46.261 casos confirmados de Covid-19, 7.358 são infecções ativas e 38.103 são casos recuperados. Em isolamento domiciliar, estão 6.839 pacientes e 519 internados, além de 4 outros estados que não integram as estatísticas locais.

Destes internados, 276 estão em leitos clínicos (188 públicos e 88 privados). Outros 247 estão internados em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), dos quais 179 são públicos e 68 privados. Estes números referem-se apenas a casos já diagnosticados.

Com isso, a taxa de ocupação dos leitos Covid-19 – que considera tanto os casos suspeitos como os confirmados – passa por alteração: em relação aos 744 leitos clínicos adulto públicos disponíveis, 287 estão ocupados (39%). Dos 119 clínicos pediátricos, 4 estão ocupados (3%). Já em relação aos 351 leitos de UTI adulto públicos, 218 estão ocupados (62%). Dos 9 leitos de UTI pediátricos existentes, 2 (22%) estão ocupado.

A taxa de ocupação global de leitos de UTI em MS, por macrorregião, apresentou mudanças na região de Campo Grande, que teve o índice calculado em 80% de ocupação, sendo 43% dos 302 leitos de UTI disponíveis da macrorregião estão ocupados com pacientes confirmados da Covid-19, enquanto 5% é com casos suspeitos. Além disso, 32% dos leitos estão ocupados com pacientes com outras enfermidades.

Na macrorregião de Corumbá, dos 27 leitos existentes, 77% está ocupado, sendo 44% com pacientes confirmados ou suspeitos de Covid-19 e 33% com pacientes com outras enfermidades. Dourados vem na sequência, com 72% da taxa de ocupação global, seguida por Três Lagoas, com 38%. Confira os detalhamentos na tabela abaixo.

Fonte: SES | Reprodução

RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Campo Grande tem 28.593 casos e 463 novos óbitos
Paranaíba
Filho que bate em mãe, se dá muito mal.
Brasíl
Nem Moro, Nem Azevedo, Nem Bolsonaro e nem Marito , eles todos não conseguiram dar garantias de segurança na fronteira" disse jornalista paraguaio.
Brasilia
Ao STF, Aras diz que decisão sobre reeleição de comandos da Câmara e Senado é assunto interno
Brasíl
Brasil acumula 4,55 milhões de casos e 137,2 mil mortes por covid-19
Rio Verde de Mato Grosso
Prefeito se envolve em confusão e foi filmado onde um outro homem aparece com arma na mão.
Brasíl
Agência Brasil explica o que é o Sistema S
Brasíl
Trabalhadores nascidos em dezembro recebem hoje crédito do FGTS Pagamento é feito por meio da conta poupança digital da Caixa
Brasíl
Fantástico: incêndio no Pantanal , investigação da PF e imagens de satélite indicam que a tragédia começou em 4 fazendas pertencente ao homem bomba da corrupção em Mato Grosso do Sul
Brasíl
Estudo da FGV aponta que pandemia provocou queda de renda de 20,1%