Menu
Busca Dom, 26 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Política e Coronavirus

General Heleno está com Coronavirus, é 16° da equipe do presidente Bolsonaro

18 março 2020 - 11h01Por Plantão de notícias

CO ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), general Augusto Heleno, recebeu resultado positivo de teste para coronavírus. Ele confirmou a informação em sua conta oficial no Twitter nesta manhã e afirmou que aguarda o resultado da contraprova.

 

Com isso, sobe para 16 o número de pessoas do grupo que viajou com o presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos, na semana passada, e pegaram a doença. Ontem, o presidente divulgou em suas redes sociais que o segundo teste, a exemplo do primeiro, não diagnosticou coronavírus. Leia aqui o que Bolsanaro já falou sobre o coronavírus.

Heleno se reuniu pelo menos em duas ocasiões com o presidente na terça-feira segundo sua agenda. O ministro ainda falou com jornalistas na saída do departamento médico do Palácio do Planalto, onde foi realizar o segundo exame. Heleno afirmou estar bem, mas fez uma ressalva que a falta de sintomas não era uma situação “tranquilizadora”. “Tudo bem, mas é o tal negócio, não é uma coisa absolutamente tranquilizadora você estar muito bem”, declarou. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Croquete de mandioca com carne: petisco saboroso e prático
Politicos
Vai vendo Brasil!
Religiosos
Padre é preso por desviar dinheiro da igreja para orgias gays e drogas
Brasil e Mundo
Covid-19: Brasil registra 19,4 mil casos e 699 mortes em 24h
Justiça
STF decide se os estados devem pagar hospitais pela tabela SUS
Geral
Anatel aprova leilão da exploração do acesso móvel na tecnologia 5G
Inclusão
Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência
Campo Grande
Preso em ação contra corrupção em MS era o 'braço direito' do ex-prefeito e 'quem assinava os cheques', diz polícia
Operação Policial
Polícia Federal faz operação para combater fraude no INSS do Amazonas
Campo Grande
Ameaça de delação de Gilmar Olarte causa 'espanto', afirma procurador-chefe do MP