Menu
Busca Sex, 17 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Amazonas

Hospitais de Manaus estão sem oxigênio para pacientes com Covid-19

Nesta quinta-feira (14/1), o vídeo de uma funcionária pedindo socorro viralizou na internet. “É muita gente morrendo”, relata

14 janeiro 2021 - 14h11Por Metrópoles

Profissionais de saúde de Manaus (AM) relatam que o estoque de oxigênio para pacientes com Covid-19 chegou ao fim em hospitais da região. Nesta quinta-feira (14/1), o vídeo de uma funcionária do Serviço de Pronto Atendimento (SPA) e Policlínica Dr. José Lins, no município, viralizou nas redes sociais. Ela relata que o oxigênio de toda a unidade acabou.

 

“Não tem oxigênio, é muita gente morrendo. Quem tiver disponibilidade, por favor, oxigênio, traga. Tem muita gente morrendo”, afirmou, em vídeo.

As imagens também mostram policiais militares entregando duas bombas de oxigênio para a unidade. “Peço que disparem esse vídeo para um monte de lugar, por favor. Tem um monte de gente morrendo, pelo amor de Deus”, diz a funcionária. Veja a seguir.

A reportagem tenta contato com a Polícia Militar do Amazonas para confirmar se a corporação está atuando na entrega de cilindros de oxigênio para o hospital, mas não obteve retorno até o fechamento deste texto. O espaço segue aberto.

Hospital Universitário

Também há relatos de falta de oxigênio no Hospital Universitário Getúlio Vargas (HGV), ligado à Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Em entrevista à Folha de S. Paulo, funcionários disseram que os pacientes estão recebendo oxigênio de forma manual.

De acordo com os trabalhadores da unidade, cada profissional consegue fazer o procedimento manual por até 20 minutos, tendo que ceder o lugar a outro técnico em seguida.

A informação também foi confirmada à Folha pelo reitor da Ufam, Sylvio Puga. Segundo a unidade de saúde, ao menos 30 pacientes de Covid-19 foram transferidos para o Hospital Universitário de Teresina, no Piauí.

O deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM) disse, no Twitter, que entrou em contato com o Ministério da Saúde e com o ministro Eduardo Pazuello para tratar da remoção de pacientes para outros estados.

Segundo o parlamentar, há uma dificuldade em fazer o translado do oxigênio para Manaus. O Ministério estaria negociando uma aeronave americana para fazer o transporte.

A reportagem procurou o Ministério da Saúde para confirmar a informação, mas ainda não obteve retorno. As secretarias de Saúde de Manaus e do Amazonas também foram procuradas, mas não responderam a solicitação até a publicação deste texto.

Colapso

Segundo a secretaria municipal de Saúde, 273.822 pessoas já foram infectadas pelo coronavírus e 5.230 morreram por Covid-19 em Manaus. Em todo o estado do Amazonas, o número de infectados chegou a 219.544. Além disso, 5.879 pessoas faleceram pela doença na região.

Além disso, a taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) no estado chegou a 91,2% no último dia 13/1. Já os leitos clínicos estão 93,7% ocupados.

Na quinta-feira, as Forças Armadas transportaram seis cilindros de oxigênio hospitalar para Manaus, em caráter de urgência. Na última semana, outros 350 cilindros já haviam sido entregues ao município.

“O Ministério da Defesa, por meio da FAB, atende à solicitação do Governador do Amazonas, Wilson Miranda Lima, que requereu o transporte de gases medicinais junto ao Comando Conjunto da Amazônia, um dos 10 comandos conjuntos estabelecidos em todo o país pela Operação Covid-19”, informou a pasta.

Segundo o Ministério da Defesa, até o próximo domingo (17/1), 386 cilindros serão enviados à capital do Amazonas. O pedido de oxigênio foi feito pelo governador do Amazonas, Wilson Lima.

 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rio de Janeiro
Apoiadores de Bolsonaro fazem ato em Copacabana, no Rio de Janeiro
São Paulo
Manifestantes fazem ato na Av. Paulista a favor de Bolsonaro
Brasília
PM informa que restabeleceu bloqueio na Esplanada dos Ministérios
Tribunal de Justiça
Fux manda retirar bandeira do Brasil Império hasteada na sede do TJ de Mato Grosso do Sul
Brasília
Esplanada terá esquema especial de segurança para protestos deste feriado
Brasíl
7/9: Moraes bloqueia contas de acusados de organizar atos antidemocráticos
MS já vacinou 50% dos jovens de 12 a 17 anos contra covid com a 1° dose – Feriado
MS
Secretaria de Estado de Saúde confirma três casos da variante Delta em Mato Grosso do Sul
STF
Urgente: Moraes determina prisão de ex-PM que o ameaçou de morte
Meio Ambiente
Ganhou prazo para resolver o problema, sob pena de multa e improbidade do prefeito