Menu
Busca Qua, 22 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Covid 19 em MS

MS recebe mais 32 mil doses da vacina contra Covid-19 e já prepara a distribuição aos municípios

07 fevereiro 2021 - 18h00Por AB/ PMS

A quarta remessa com 32 mil doses de vacina contra a Covid-19 chegou a Mato Grosso do Sul por volta das 14h30, no Aeroporto Internacional de Campo Grande. Com este novo repasse, o Estado chega a 222 mil doses enviadas pelo Ministério da Saúde, para a vacinação em 79 cidades.

A nova remessa com doses do imunizante Coronavac, produzidas pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, chegou em voo comercial e já foi encaminhada para Secretaria Estadual de Saúde (SES), sob escolta da Polícia Federal, onde vai ficar armazenada, para depois ser distribuída aos municípios, a partir das 5h da manhã da segunda-feira (08).

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, destacou que a chegada das novas doses é mais um reforço na imunização da população e que o governo estadual está fazendo todos os esforços para que o Estado aumente o número de vacinados e assim conter a disseminação da doença.

Este novo lote vai seguir para os 79 municípios, sendo destinados para idosos acima de 80 anos e profissionais de saúde. “É mais um reforço para imunização para cuidarmos da nossa população. Nós estamos preparados para fazer a distribuição das doses na mesma velocidade das outras remessas e assim contribuir para imunização, que nesta fase estão os idosos e profissionais de saúde”, descreveu.

O Estado inclusive foi destaque nacional na rapidez como fez a distribuição das doses aos 79 municípios, nas primeiras remessas, dispondo de logística eficiente para que as vacinas estivessem à disposição da população. “Desta vez não será diferente e a distribuição já deve começar nesta madrugada de domingo para segunda e assim estar amanhã nas cidades”, informou o secretário.

Na primeira remessa com 158 mil doses que chegaram ao Estado, a distribuição foi em tempo recorde, chegando aos 79 municípios em menos de 24 horas. Em uma logística normal duraria duas semanas, no entanto o governo estadual conseguiu levar os imunizantes em menos de um dia. Este trabalho eficiente colocou Mato Grosso do Sul no primeiro lugar do País na distribuição das vacinas.

Rapidez

 

O governo declarou que tem pressa na imunização da população do Estado, para que mais pessoas fiquem imunes a doença e assim se reduza o número de mortes e função do coronavírus. “Tenho pressa para imunizar rápido a população. Quero acelerar a base vacinal no Estado e com isso diminuir o número de pessoas infectadas e salvar vidas”.

Também reafirmou que o governo estadual tem a disposição R$ 100 milhões disponíveis para a compra de vacinas contra covid-19. “O Estado está aberto para comprar qualquer vacina que tenha registro dos organismos internacionais e também da Anvisa. O problema é que não existe vacina disponível para ser vendida a nenhum estado brasileiro”, ponderou.

Enquanto trabalha para ampliar a vacinação no Estado, o governador Reinaldo Azambuja também segue com medidas de combate e prevenção contra o vírus, como a prorrogação por mais 15 dias do “toque de recolher”, que se estende das 22h até às   em todas as cidades do Estado.

Ainda reforça a necessidade da população continuar realizando as medidas de prevenção, como distanciamento social, uso de máscaras, higienização das mãos e  não participar de aglomerações. Desde o começo da pandemia em março do ano passado, o governador trabalha em conjunto com os prefeitos e autoridades sanitárias, para evitar o aumento da doença.

Vacinas

Mais 32 mil doses da CoronaVac foram entregues neste domingo (Saul Schramm)

Com a chegada da quarta remessa com 32 mil doses, Mato Grosso do Sul já recebeu 222 mil (vacinas), em quatro carregamentos enviados pelo Ministério da Saúde. A primeira (remessa) chegou no dia 18 de janeiro, com um lote de 158,7 mil doses da vacina Coronavac.

O segundo lote desembarcou no Estado em 24 de janeiro, com 22 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford. Já o terceiro lote foi chegar ao Estado em 25 de janeiro, em um reforço de mais 10,2 mil doses da Coronavac. O governo de Mato Grosso do Sul trabalha para conseguir com mais rapidez a vinda dos imunizantes.

Além da distribuição das vacinas, Mato Grosso do Sul também é destaque nacional na aplicação dos imunizantes, estando entre os primeiros colocados em todo País na vacinação, quando é feita a contagem proporcional. No último levantamento divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), por meio do “Vacinômetro”, mostra que já foram aplicadas no Estado 71.688 doses de vacinas, o que representa o índice de 2,55% da população do Estado.

Comunicação Governo MS
Fotos: Chico Ribeiro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Eleição 2022
Senado aprovou novo Código Eleitoral e vai à sanção presidencial.
Economia
Dólar fecha acima de R$ 5,30 após anúncio do Banco Central americano
CPI da Covid
CPI: diretor da Prevent Senior é acusado de mentir e passa à condição de investigado
Brasíl
Sem coligações, CCJ do Senado aprova PEC da reforma eleitoral
Polícia Federal
A Operação Apate cumpre mandados em São José dos Campos
Brasilia
CPI da Covid-19; início da sessão com "rasgação de seda" entre senadores da oposição tentando reverter a impressão negativa da briga causada por senadora e ministro
Brasília
Briga na CPI: presidente da CPi fala que Bolsonaro causa vergonha, senador Marcos Rogério rebate dizendo que a CPI da Covid que faz vergonha a muito tempo.
Tempo e temperatura
Primavera começa com tempo claro e ensolarado em Mato Grosso do Sul
Brasília
CPI termina com sessão em briga, agressão verbal entre senadores e Ministro da CGU.
CPI no Senado Federal
A diferença de pensamento entre os Ministros do STF, Carmen, Nunes Marques e Rosa Weber.
Ministros divergem sobre obrigação de convocados à CPI da Covid