Menu
Busca Dom, 26 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Mato Grosso do Sul

Números da Covid-19 voltam a crescer em todo o Estado e ocupação de leitos de UTI chega no limite

12 dezembro 2020 - 12h02Por AB - EBC

Os números da Covid-19 voltaram a patamares dos meses de pico da doença, como mostra o Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) neste sábado (12).  Foram registrados 1.541 novos casos nas últimas 24 horas. Os óbitos também subiram para 16, uma taxa de letalidade a 1,7%.

Com total de 112.876 casos no Estado de Mato Grosso do Sul, a taxa de infecção chega a 1,4%.

A Capital, o epicentro da pandemia, apresenta 825 novos casos; Dourados +193; Maracaju + 73; Três Lagoas +51 e Corumbá +49, são as cinco cidades com maior registro de novos casos positivos. 

Em Campo Grande sete (7) pacientes não resistiram à doença; Dourados e Maracaju registraram dois (2) óbitos; nos municípios de Caarapó, Nioaque, São Gabriel do Oeste e Anastácio houve registro de um (1) óbito em cada um.

Pacientes em isolamento domiciliar subiu para 13.963, e 645 pacientes estão internados. São 381 em leitos clínicos (224 leitos públicos e 157 privados), 264 em UTI (175 públicos e 89 privados).

A situação dos leitos nas macrorregiões do Estado é a seguinte: Campo Grande tem 104% de lotação; Corumbá tem 100%; Dourados 81% e Três Lagoas 65% de ocupação. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Croquete de mandioca com carne: petisco saboroso e prático
Politicos
Vai vendo Brasil!
Religiosos
Padre é preso por desviar dinheiro da igreja para orgias gays e drogas
Brasil e Mundo
Covid-19: Brasil registra 19,4 mil casos e 699 mortes em 24h
Justiça
STF decide se os estados devem pagar hospitais pela tabela SUS
Geral
Anatel aprova leilão da exploração do acesso móvel na tecnologia 5G
Inclusão
Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência
Campo Grande
Preso em ação contra corrupção em MS era o 'braço direito' do ex-prefeito e 'quem assinava os cheques', diz polícia
Operação Policial
Polícia Federal faz operação para combater fraude no INSS do Amazonas
Campo Grande
Ameaça de delação de Gilmar Olarte causa 'espanto', afirma procurador-chefe do MP