Menu
Busca Sáb, 08 de agosto de 2020
(67) 9.9928-2002
Saúde

Os municípios do Mato Grosso do Sul receberam 197 milhões para gastar com o novo Coronavirus

A falta de isolamento social e dificuldades das próprias gestões colaboram para a situação se agravar a Covid 19

06 julho 2020 - 13h07Por SES

O Estado de Mato Grosso do Sul e os municípios receberão recursos federais para o uso no combate ao coronavírus. Os 79 municípios e o Estado serão beneficiados com verbas cuja finalidade principal é o uso no enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da covid-19.

A portaria de número 1666 foi publicada no dia 1º de julho deste ano, no Diário Oficial da União, e mostra que no total, os recursos financeiros para todo o País somam R$ 25,1 bilhões e serão disponibilizados aos Estados, Distrito Federal e Municípios, em parcela única.

Mais de R$ 191,7 milhões serão distribuídos para os 79 municípios. Os critérios adotados para a distribuição da verba, relacionado à gestão municipal, tomaram em conta a faixa populacional, com base nos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística para o Tribunal de Contas da União em 2019 (IBGE/TCU/ 2019); os valores de produção de Média e Alta Complexidade registrados nos Sistemas de Informação Ambulatorial e Hospitalar do Sistema Único de Saúde (SUS) pelos municípios, Estados e Distrito Federal, no ano de 2019; e valores transferidos aos municípios e Distrito Federal relativo ao Piso de Atenção Básica (PAB), no exercício de 2019.

Para Dourados, por exemplo, número elevado da doença no Estado, onde os casos já somam 2.869 confirmações e 32 óbitos, o Governo Federal destinou 10,8 milhões de reais.

E para gestão estadual os recursos atingem R$ 23,9 milhões para o combate à pandemia.  A distribuição levou em conta os seguintes critérios: dados populacionais, com base na população IBGE/TCU/2019; números de leitos de UTI registrados nos Planos de Contingência dos Estados para o enfrentamento à pandemia do coronavírus; e a taxa de incidência da COVID-19 por 100 (cem) mil habitantes.

Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, os recursos chegam em um momento crucial para o Estado na atuação do combate à pandemia, diante dos aumentos de casos confirmados e de óbitos. “Nas últimas semanas os aumentos foram crescentes, as confirmações ultrapassam 9 mil pessoas infectadas, são 107 mortes. Por isso, é preciso que haja rápido investimento na saúde, para assim conseguirmos elaborar estratégias assertivas no município. É fundamental dar transparência a esses recursos”.

Clique aqui e acesse a lista completa dos municípios e dos valores disponibilizados pelo Governo Federal.

Ana Brito, Subcom

Publicado por: araes

RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasíl
Covid 19 está matando no Brasil e no mundo
Brasíl
PGR recorre de decisão que impediu acesso a dados da Lava Jato
Meio Ambiente
Mourão defende avanços nos sistemas de monitoramento da Amazônia Para ele, também é preciso tratar do problema fundiário da região
Esporte
Vai Mercedes
Meio Ambiente
Prossegue combate a incêndio florestal na Serra dos Órgãos
Brasíl
Anac autoriza táxi-aéreo a vender assento individual Medida, em caráter emergencial, terá validade de dois anos
Bandido
Pistoleiro pede mais dinheiro para vítima e deixá-la em paz.
Campo Grande
Ameaça de demissão em massa do Transporte Público da capital
Brasíl e Mundo
OMS: recuperação econômica global pode ser mais rápida com vacina
Economia
Guedes diz que anunciará três ou quatro privatizações em até 60 dias