Menu
Busca Dom, 20 de junho de 2021
(67) 9.9928-2002
Campo Grande

Sistema de saúde está em colapso, diz secretário de MS no dia em que estado bate recorde de casos: 3.043

Secretário de Saúde defendeu a implementação de medidas mais duras no enfrentamento a doença.

09 junho 2021 - 14h00Por G1 MS

Mato Grosso do Sul registrou 3.043 casos novos de Covid-19 nesta quarta-feira (9). É o maior número de confirmações em 24 horas de toda a pandemia, segundo a secretaria estadual de Saúde (SES).

Com isso, o total de infectados com o coronavírus no estado chegou a 307.349 e a média móvel a 1.785,1 contaminados por dia, nos últimos 7 dias.

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, afirmou nesta quarta que Mato Grosso do Sul vivencia uma tragédia, com o sistema de saúde em colapso.

Ele comentou que os bons resultados que o estado teve anteriormente, nos mais de 500 dias de enfrentamento a doença, acabaram gerando uma falsa sensação de que a pandemia estava controlada, o que não é verdade. “A pandemia não acabou e não vai acabar agora”, pontuou.

Resende disse que o estado não tem mais leitos de terapia intensiva (UTI) disponíveis e não tem mais como ampliar a estrutura, por falta de profissionais e de espaço nos hospitais. Com esse quadro, relatou que o “remédio” neste momento é contar com a solidariedade de outros estados, que se ofereceram para receber os pacientes de Mato Grosso do Sul. 

O secretário alertou que não é possível mais que a população continue a agir como se nada estivesse acontecendo e ressaltou que é preciso a implementação de medidas mais duras no enfrentamento a doença.

Citou que os gestores nos municípios têm de optar entre enfrentar o mau humor temporário daqueles que se sentem prejudicados com essas medidas ou chorar com as famílias daqueles que estão morrendo.

Ele relatou a angústia de ver o estado ser apontado como epicentro da doença no país e voltou a lembrar que o momento é crítico.

 

Dados desta quarta-feira

 

Nesta quarta, a SES confirmou mais 58 mortes por Covid-19. O total de vidas perdidas para a doença subiu para 7.268, a média móvel chegou a 50,1 casos por dia, nos últimos 7 dias e a taxa de letalidade permanece em 2,4%.

O estado tem atualmente 22.037 casos ativos da doença. Em isolamento domiciliar estão 20.750 pessoas e 1.287 pessoas estão hospitalizadas.

Das internadas, 743 estão em leitos clínicos e 544 de UTI. A taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid no estado nesta quarta é de 105,9%.

Além destes pacientes, 274 aguardam em unidades de saúde a transferência para leitos clínicos ou de UTI em hospitais. 

O estado tem ainda 14.112 casos suspeitos. São 3.327 amostras de testes nos laboratórios e 10.785 notificações em aberto nos municípios.

Em contrapartida a quantidade de pessoas que se recuperaram da doença chegou a 278.044. 

Crédito: G1

 

vacina sim

Leia Também

Semana começa com restrições em 43 cidades do MS; confira o que pode e não pode
Mato Grosso do Sul
Última semana de outono será de tempo firme e temperaturas agradáveis em MS
UEFA Euro 2020
Veja a repercussão dos jornais internacionais do mal súbito de Eriksen em Dinamarca x Finlândia
Campo Grande
Com 43 municípios em risco extremo, começa a valer nova classificação do Prosseguir
Tempo e temperatura
Domingo de tempo firme e temperaturas agradáveis em Mato Grosso do Sul
Geral
5 flores para plantar em junho e deixar seu jardim mais colorido
Mato Grosso do Sul
Secretaria de Estado de Saúde transfere mais quatro pacientes para São Bernardo do Campo nesta sexta-feira
Geral
Ford: R$ 10 milhões pelo ralo diariamente
Octógono
Douglas Lima é dominado por ucraniano e perde cinturão do Bellator
Tempo e temperatura
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados