Menu
Busca Sex, 10 de julho de 2020
(67) 9.9928-2002
Saúde

Vacina contra o câncer de mama e de ovário deve ficar pronta em oito anos

"Nós sabemos que eles são seguros, que estimulam o sistema imunológico [para combater o câncer]", diz pesquisador.

16 outubro 2019 - 19h19Por Razões Para Acreditar

Uma equipe de cientistas desenvolveu uma vacina potencial contra o câncer de mama que pode estar disponível para o público em até oito anos. Além de interromper a recorrência da doença (especialmente nas mamas e nos ovários), a vacina poderá impedir que se desenvolva precocemente.

“É razoável dizer que poderíamos ter, dentro de oito anos, uma vacina que pode estar disponível para os pacientes nas farmácias ou para os médicos”, disse o pesquisador Keith L. Knutson, da Mayo Clinic, em Jacksonville, na Flórida (EUA).

O estudo ainda está em fase inicial e deve levar mais três anos para que a vacina seja testada em um número maior de pacientes.

Vacina contra câncer de mama Foto: Natali_Mis/iStock

Os pesquisadores trabalham atualmente com duas vacinas contra o câncer de mama triplo negativo e o câncer de mama positivo HER2. Há uma pesquisa em paralelo que trata do carcinoma ductal in situ (câncer de mama não invasivo com 300 mil novos casos por ano só nos Estados Unidos).

 

Vacina contra o câncer estimula sistema imunológico

“Nós sabemos que eles são seguros, que estimulam o sistema imunológico [para combater a doença]”, afirmou Knutson.

Trata-se de um estudo complexo, delicado e bastante caro: os testes da fase 2 podem custar entre 12 e 20 milhões de dólares (R$ 48-60 milhões). A fase seguinte pode custar o dobro, de acordo com o pesquisador.

“Sabemos que houve reação positiva no câncer de ovário e mama. Não vimos nenhum evento adverso que esteja causando outros problemas além de irritação na área, semelhante a uma vacinação contra a gripe. Agora temos que convencer o FDA [Departamento de Saúde norte-americano], por meio de ensaios clínicos sólidos e rigorosos.”

Fonte: UOL/Foto destacada: Reprodução/Kare11

RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasíl
Casos e mortes por coronavírus no Brasil em 10 de julho, segundo consórcio de veículos de imprensa (atualização das 8h)
Campo Grande
Trad remaneja 70 milhões de reais com conivência dos vereadores
Saúde
ESPECIAL-Bolsonaro aposta em "cura milagrosa" para salvar o Brasil, e própria vida, da Covid-19
Política
Maia diz que é grave Bolsonaro tratar de hidroxicloroquina e que políticos não devem recomendar remédios
Política
Ministro pede investigação da PF com base na Lei de Segurança Naciona
Polícia
Força tarefa da federal cumpre ordens judiciais contra executivos das lojas Ricardo
Brasíl
Bolsonaro veta obrigação do governo em oferecer água, produtos de higiene e leitos a indígenas
Saúde
Brasil tem 1,66 milhão de casos confirmados do novo coronavírus
Saúde
Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19
Políciais Federais
Justiça nomeia peritos para conferir serviços de hospitais de campanha